Compartilhado

Celso Pixinga

Celso Pixinga

Paulista e paulistano, nascido em 12 de julho de 1953, é Multi-instrumentista, compositor, arranjador e diretor musical.

Trabalhou com grandes nomes da música brasileira como:

Jessé Ângela RoRô Evandro Mesquita
Cida Moreira Ana Caran Laura Finochiaro
Jane Duboc Lica Ceccato Wanderléa
Gal Costa Fat Family entre outros

já tocou com ícones da cena instrumental tais como:

Jim Stinnett Todd Jonhson Cesar Camargo Mariano Nelson Aires
Roberto Siom Rique Pantoja Victor Biglione Romero Lubambo
Gonzalo Rubalcaba Dave Weckl Taj Mahal Grant Stinnett
Tom Arey,Don Moio Everett Pendleton Dave Dicenso Michael Manring
Mozart Mello Kiko Loureiro Entre outros  

Com mais de 37 anos de carreira, Gravou mais de 30 discos e quatro DVDs de shows, 7 Video Aulas, 1 Play Along e 1 Método de SLAP.

Já fez Turnês Internacionais: EUA, Japão, Argentina, Equador, Portugal, França, Itália, Inglaterra, China, etc

Filho de Bernardo Cascarelli Jr, o Xixa ou Xixa do Cavaquinho, Cavaquinista, Compositor.   Líder de conjunto.

Com com inúmeras gravações pelas gravadoras Odeon Records, RGE e Som Livre

Estudou piano erudito dos 6 aos 12 anos. Na adolescência, deslumbrado com o som de Jimi Hendrix, Beatles, Rolling Stones e Led Zeppelin, troca o piano pela guitarra e, na década de 1970, faz parte de grupos amadores de rock.

Matriculou-se na faculdade de engenharia do Mackenzie, mas desistiu do curso após um ano, decidido a seguir a profissão de músico.

Em 1979, se aproximou do cantor Eduardo Araújo e, por sugestão do ídolo da jovem guarda, passa a se dedicar ao contrabaixo elétrico.

 

No início da década de 1980, você integra a banda do cantor Jessé, viajando pelo Brasil em uma série de apresentações.

Em 1982, ao lado de Faíska (guitarra), Albino Infantozzi (bateria) e Luis Carlos Lopes (teclado), cria o grupo instrumental Ponto Chic, com o qual lança o LP Bauru Genuíno.

Em 1986, volta ao estúdio de gravação, para dividir o LP Concentração com as bandas 440 e Zona Sul.

1986 – A partir daí, dedica-se à carreira solo, paralelamente ao trabalho como professor de música.

Em  (1987) lança o LP Pixinga seu primeiro voo solo.

1988 – Sua identidade musical lhe rende convites para festivais importantes, como o Free Jazz Festival de 1988, e abre caminhos no mercado exterior.

1990 – Uma de suas especialidades é o slap,

No seu  segundo LP solo  “Mister Funk”  (1991) isso foi evidenciado.

 

Em 1992 – Foi considerado pela critica especializada mundial (Revista Down Beat) o baixista mais rápido do mundo na técnica do SLAP.

(1992) A Light At The End Of The Tunnel (Celso Pixinga e Pavio Curto) – Camerati – CD

 

 

(1994) O sonhador (Celso Pixinga e PX Band) – Paulinas/Comep – CD

(1995) Vôo livre (Celso Pixinga e PX Band) – Paulinas/Comep – CD

 

1997 foi marcado por grandes acontecimentos em sua carreira.

Foi o primeiro contrabaixista a lançar um disco, “Wake Up”, no Blue Note de Nova York, conhecido como o templo do jazz,

 

Além de tocar com Gonzalo Rubalcaba, cubano nascido em havana, considerado pela crítica mundial o melhor pianista do mundo

(2002) Celso Pixinga & A Gig (Celso Pixinga) – Lua Discos – CD

(2001) Quase Acústico (Celso Pixinga Trio) – Tratore – CD

(2002) O condutor (Celso Pixinga) – Ouver Records – CD

(2002) Celso Pitinga -ao vivo

(2003) Celso Pixinga

(2003) Todos por um (Celso Pixinga) – Seven Music – CD;DVD

 (2004) Ao vivo (Celso Pixinga) – Paulinas – CD

 (2005) S.O.S. Baixo (Celso Pixinga) – Mix House – CD

(2006) Dupla dinâmica (Celso Pixinga e Giba Favery) – CD

(2006) Bossa Jazz (Celso Pixinga) – CD – Exceção feita em Bossa Jazz, de 2006, no qual Pixinga relê clássicos da MPB

(2007) O jogo (Celso Pixinga) – CD-DVD

(2008) One More Step (Celso Pixinga) – CD

2009 – Four

2009 – É autor do Método de Contrabaixo – Slap.

 

2012 – Celso Pixinga PX Band de volta as origens

2014 – Celso Pixinga – CD & The Bad Boys

2014 – Celso Pixinga – CD MASTER GROOVE 

 

Desde de 2002 você realiza um Festival de baixo,  “PIXINGA BASS FESTIVAL,” idealizado por ele para revelar novos talentos.

O festival não tem fins lucrativos..

Na área Educacional:

  • Trabalhou por 15 anos como coordenador da Cadeira de Baixo na EMT São Paulo.

  • Por 14 anos deu aula na EMESP – Santa Marcelina.

  • Ministra workshops dentro e fora do País
  • Há 5 anos vai a Boston no festival NEW HAMPSHIRE BASS FESTIVAL organizado pelos professores da BERKLEE

 

  • Um dos precursores da vídeo aula no Brasil

 

 

 

Deixe um comentário